quarta-feira, 11 de maio de 2011

Técnica do mosaico em casca d'ovo- PARTE I

PREPARAÇÃO DAS CASCAS

imagem daqui
A utilização de cascas de ovos para fazer mosaicos é uma técnica que resulta na perfeição quando bem aplicada. As cascas de ovos podem também ser utilizadas para produzir efeitos de relevo, mais ou menos acentuados, conforme o tamanho do fragmento da casca utilizada.

Antes de utilizar as cascas dos ovos elas têm de ser limpas. Por fora basta passar por água corrente, normalmente os ovos comprados vêm lavados, mas por dentro as cascas têm uma membrana branca que serve de invólucro à gema e à clara. Esta membrana é dupla e  mais facilmente observável na parte "romba" do ovo, em que forma uma bolsa de ar. Para o mosaico apenas nos interessa a casca (constituida principalmente por carbonato de cálcio) todos os outros elementos constituintes do ovo devem ser rejeitados, pois são perecíveis e se ficarem no mosaico este vai "apodrecer" e inevitavelmente cheirar mal.

Passe a casca por água corrente e gentilmente, com as pontas dos dedos "raspe" a parte de dentro da casca, a primeira membrana vai soltar-se (a mais grossa) depois de retirar esta primeira membrana, repita o procedimento até constatar que efectivamente a casca está livre das membranas. À medida que as vai eliminando a casca vai ficando mais quebradiça. Se a casca se partir enquanto  a limpa, não se preocupe, quebra-la apenas dificultará o trabalho de limpeza, não tendo qualquer influência no resultado final.

Se as cascas dos ovos tiverem secado sem serem limpas- se utilizar os ovos num dia e só as limpar no seguinte- basta po-las de molho em água morna durante alguns minutos, depois de hidratadas as membranas desprendem-se com a mesma facilidade.

Depois de limpas coloque as cascas a secar em cima de papel absorvente (por ex. papel cozinha), este processo de secagem pode demorar algumas horas, as cascas têm de ficar muito bem secas.

Escolha o suporte a trabalhar, o design, e está pronto para começar

Sem comentários:

Enviar um comentário